quarta-feira, 16 de junho de 2010

Profissional do Sexo! Sim isso mesmo!



Conteudo retirado do Ministerio do Trabalho e Emprego - CBO (Código Brasileiro de Ocupações)



5198-05 - Profissional do sexo ou Garota, Garoto de programa , Meretriz , Messalina , Michê , Mulher da vida , Prostituta , Trabalhador do sexo.


Descrição sumária das atividades:

Buscam programas sexuais; atendem e acompanham clientes ;participam em ações educativas no campo da sexualidade. As atividades são exercidas seguindo normas e procedimentos que minimizam a vulnerabilidades da profissão.

Caracteristicas do Trabalho:

Condições gerais de exercício:
Trabalham por conta própria,em locais diversos e horários irregulares. No exercício de algumas das atividades podem estar expostos à intempéries e a discriminação social. Há ainda riscos de contágios de dst, e maus-tratos, violência de rua e morte.

Formação e experiência:
Para o exercício profissional requer-se que os trabalhadores participem de oficinas sobre sexo seguro, o acesso à profissão é restrito aos maiores de dezoito anos; a escolaridade média está na faixa de quarta a sétima séries do ensino fundamental.

Áreas de Atividades:

A - BUSCAR PROGRAMA
1 Agendar o programa
2 Produzir-se visualmente
3 Esperar possíveis clientes
4 Seduzir o cliente
5 Abordar o cliente

B - MINIMIZAR AS VULNERABILIDADES
1 Negociar com o cliente o uso do preservativo
2 Usar preservativos
3 Utilizar gel lubrificante à base de água
4 Participar de oficinas de sexo seguro
5 Identificar doenças sexualmente transmissíveis (dst)
6 Fazer acompanhamento da saúde integral
7 Denunciar violência física
8 Denunciar discriminação
9 Combater estigma
10 Administrar orçamento pessoal

C - ATENDER CLIENTES
1 Preparar o kit de trabalho (preservativo, acessórios, maquilagem)
2 Especificar tempo de trabalho
3 Negociar serviços
4 Negociar preço
5 Realizar fantasias sexuais
6 Manter relações sexuais
7 Fazer streap-tease
8 Relaxar o cliente
9 Acolher o cliente
10 Dialogar com o cliente

D - ACOMPANHAR CLIENTES
1 Acompanhar cliente em viagens
2 Acompanhar cliente em passeios
3 Jantar com o cliente
4 Pernoitar com o cliente
5 Acompanhar o cliente em festas

E - PROMOVER A ORGANIZAÇÃO DA CATEGORIA
1 Promover valorização profissional da categoria
2 Participar de cursos de auto-organização
3 Participar de movimentos organizados
4 Combater a exploração sexual de crianças e adolescentes
5 Distribuir preservativos
6 Multiplicador informação
7 Participar de ações educativas no campo da sexualidade

Competências pessoais:

1 Demonstrar capacidade de persuasão
2 Demonstrar capacidade de comunicação
3 Demonstrar capacidade de realizar fantasias sexuais
4 Demonstrar paciência
5 Planejar o futuro
6 Demonstrar solidariedade aos colegas de profissão
7 Demonstrar capacidade de ouvir
8 Demonstrar capacidade lúdica
9 Demonstrar sensualidade
10 Reconhecer o potencial do cliente
11 Cuidar da higiene pessoal
12 Manter sigilo profissional

Recursos de trabalho:

* Cartões de visita
* Acessórios
* Lenços umedecidos em Álcool
* Agenda
* Celular
* Documentos de identificação
* Gel à base de água
* Guarda-roupa de trabalho
* Maquilagem
Papel higiênico
* Preservativo

Participantes da Descrição:

Especialistas

Beto Cafetas
Cassandra Fontoura
Flavio Lenz Cesar (jornalista do Beijo da Rua)
Gabriela Silva Leite
Imperalina Piedade da Silva
Jane Lucia Da Silva Reis Eloy
Janete Oliveira da Silva
Maria de Fátima Medeiros Costa
Maria de Lourdes Barreto
Marilene de Jesus Silva
Rozeli da Silva
Valkiria Pereira Costa

Instituições

(NÃO INFORMADA)
Associação das Mulheres Profissionais do Sexo da Bahia (Asproba)
Davida - Prostituição, Direitos Civis, Saúde (Rio de Janeiro)
Grupo de Apoio à Prevenção da Aids (Gapa-MG)
Grupo de Mulheres Prostitutas do Estado do Pará (Gempac)
Igualdade - Associação de Travestis e Transexuais do Rio Grande do Sul
Núcleo de Estudos da Prostituição de Porto Alegre

Instituição conveniada responsável

FIPE
Fonte: MTE (Ministério do Trabalho e Emprego)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget